Marilza Maynard retorna ao STJ para assumir vaga na Primeira Seção A desembargado

A desembargadora Marilza Maynard Salgado de Carvalho, do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE), passará a compor a Primeira Seção e a Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) a partir do dia 1º de outubro. A portaria com sua convocação foi publicada na edição desta quarta-feira (25) do Diário Oficial da União.

Marilza Maynard foi convocada pela Corte Especial do STJ em sessão realizada no último dia 18. Ela irá ocupar a vaga deixada pelo ministro Castro Meira, que se aposentou no dia 19 de setembro.

Não é a primeira vez que a desembargadora atua no Tribunal. Em setembro de 2012, Marilza Maynard foi convocada para compor a Terceira Seção do STJ. A atuação da magistrada se deu até o último dia 28 de agosto, quando tomaram posse no cargo de ministro da Corte Moura Ribeiro, Regina Helena Costa e Rogerio Schietti.

A desembargadora Marilza Maynard é natural de Laranjeiras (SE). Formou-se pela antiga Faculdade de Direito, atual Universidade Federal de Sergipe, onde lecionou Processo Civil e Prática Jurídica. Atuou na advocacia e foi procuradora do extinto Instituto do Açúcar e do Álcool.

Ingressou na magistratura em 1971, como juíza de direito da comarca de Neópolis, e depois exerceu a judicatura em Simão Dias, Itabaiana, na 4ª Vara Criminal e 9ª Vara Cível de Aracaju. Em 1997, pelo critério de antiguidade, passou a integrar o Tribunal de Justiça. Dirigiu a Escola Superior da Magistratura no biênio 1999-2001 e foi corregedora-geral da Justiça entre 2001 e 2003.

Ex-presidenta do Tribunal de Justiça de Sergipe, durante o biênio 2005-2007, a magistrada implantou o Juizado Virtual, a Central da Conciliação, o Diário da Justiça Eletrônico e pôs em prática vários Mutirões de Conciliação.

Fonte: www.stj.jus.br